Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rapaz Invisível

Nicolau Breyner (1940-2016)

842f745a-69cd-499f-a15f-c1dda1039fbb.jpeg

 

O país ficou mais pobre. A cultura portuguesa ficou mais pobre.

 

Nicolau Breyner faleceu hoje, 14 de março, aos 75 anos vitima de um ataque cardíaco. Ao que tudo indica, Breyner faleceu durante a noite tendo o corpo sido encontrado pela ex-mulher, Cláudia Fidalgo Ramos, perto das 15h. Foi o facto de não ter aparecido na sua escola nem atender os telefones que despertou o alerta para que algo se passava.

 

 

Nicolau Breyner, nascido a 30 de Julho de 1940 era um dos nomes de referência na cultura televisiva e teatral portuguesa.  Actor, realizador, produtor e apresentador, Nicolau desenvolveu um vasto trabalho que, certamente, não será esquecido. Foi o criador da NBP (agora Plural Entertainment), escola de formação de muitos dos actores da nossa praça. Nicolau Breyner gravava, atualmente, a nova novela da TVI, A Impostora, ainda sem data de estreia. 

 

Alguns colegas e amigos do ator já reagiram a esta triste notícia:

 

 

"Hoje a representação portuguesa ficou mais vazia, triste e sobretudo pobre. Homem do teatro, televisão e cinema. Ao Nico só tenho a agradecer todos os momentos que me proporcionou como espectadora e como profissional. OBRIGADA por teres acreditado em mim e em toda a minha geração, por nos teres dado a mão e tornado os nossos sonhos realidade. Nunca serás esquecido, descansa em paz."
Marisa Perez em exclusivo ao Rapaz Invisível

 

"Afinal não foi apenas Janeiro. O ano 2016 está mesmo a ser devastador. Nicolau Breyner fazia parte do património artístico do país. (...) Ele era grande e por isso partiu no ano em que outros grandes partiram também. O Nicolau que descanse em paz. O país segue mais pobrezito."
Eduardo Madeira no facebook.

 

"Perdi um irmão e um amigo. Não imagino vida mais útil e mais profícua. A minha gratidão será eterna."
Herman José no facebook.

 

"Actor, autor, cantor, realizador, director .... e, acima de tudo, um ser maravilhoso. Hoje fico muito mais pobre! Adeus Nico!"
Manuel Luís Goucha no facebook.

 

"Era um ator ímpar. Não havia ninguém como ele"
António Pedro Vasconcelos em declarações à SIC Notícias.

 

"Estou aqui para me curvar modestamente perante esse grande homem. Fez coisas absolutamente decisivas que marcaram a minha geração."
João Soares, Ministro da Cultura em declarações à SIC Notícias.

 

"Tive um grande desgosto, não só por ser um grande artista [e ter] um grande coração mas também por ser um grande amigo"
Marcelo Rebelo de Sousa.

 

"E hoje, este mundo do faz de conta, perdeu o seu Mestre"
João Montez no facebook.

 

"Adeus meu querido Nico. Espera por mim no céu para o tal almoço que tantas vezes adiámos. Já tenho saudades tuas."
Teresa Guilherme no facebook.

 

"Há estrelas que iluminam os palcos e tu eras uma estrela com brilho próprio. Descansa em paz"
Fernando Rocha no facebook.

 

"Saiu à francesa... como se não nos déssemos conta... Ah, Nicolau, sempre na brincadeira. Mas, desculpa Nico, desta vez, não teve graça."
Rui Unas no facebook.

 

"Foste meu pai adoptivo quando precisei, sem hesitar, sem que precisasse de te pedir, muitas vezes em silêncio no meio de gargalhadas e disparates. Hoje fiquei órfão ... Outra vez! Nunca te esquecerei Pai Nico!"
Nuno Eiró no facebook.

 

Os nossos pêsames a toda a família, amigos e colegas de trabalho.

 

---
O Rapaz Invisível também está no Facebook e no Instagram. Segue-o.